terça-feira, 6 de maio de 2014

As aparências iludem!

Quem me conhece sabe que sou "uma cara de riso"... Posso estar a chorar e a sofrer por dentro mas estou sempre a sorrir, tento ser bem educada com toda a gente, independentemente do extracto social, da beleza, do protagonismo. Sou assim na minha vida diária e no meu trabalho. Nunca utilizei a minha posição pessoal, social ou profissional para me auto-promover, e podia fazê-lo, e não tenciono fazê-lo. Se hoje estou bem na vida, ou pelo menos estou melhor que a grande maioria, nem sempre foi assim...
Enquanto estudava na faculdade trabalhei nas férias e sábados numa loja, onde levei diversas bofetadas de luva branca que hoje me fazem ser humilde seja para quem for. Lembro-me de uma vez uma senhora, mal vestida e desalinhada ter pedido uma mala que estava na montra ao que eu respondi: que era muito cara, custava cerca de 30 contos (à data). A senhora mal vestida, olhou para mim e disse-me que não perguntou o preço... Fiquei de todas as cores, entregue-lhe a mala que pagou prontamente... Telefonei para a minha mãe (que trabalhava na loja toda a semana) e perguntei quem seria a senhora, e a minha mãe respondeu-me que era a melhor cliente da loja e que já tinha toda a colecção daquelas malas Pierre Balmain.. Era professora Universitária...
Desde então NUNCA mais julguei ninguém pela aparência e detesto que me julguem.... Não gosto de me arranjar e ninguém tem nada a ver com isso. O meu estrato social e profissional mede-se pelo que faço e não pelo que visto.
Às vezes admito que me dá gozo ver as pessoas tratarem-me de uma maneira quando me vêem e de outra quando sabem quem sou ou o que faço. Essas pessoas já não significam nada para mim.... Nunca julguei os outros pelas aparências e não admito que o façam e detesto quem o faz.... A essência das pessoas vale muito mais do que a roupa que vestem ou o modo como arranjam os cabelos e quem não consegue ver isso tem uma essência que não interessa... Pelo menos a mim...
Felizmente estou rodeada de muita gente com uma essência linda e trabalho directamente com uma colega que tem exactamente o mesmo pensar que eu e que tem uma essência linda, mas que também não liga ao exterior... Felizmente são poucas as pessoas que conheço que são fúteis como descrevi mas as que conheço são de fugir...

5 comentários:

  1. Credo mulher. Vais mesmo fazer-me chorar. Somos assim, uma dupla imbatível.

    ResponderEliminar
  2. Imbatível mesmo! Verdadeiras até ao tutano.... :D

    ResponderEliminar
  3. olha eu hosto de ti mesmo sem conhecer a tua cara e o teu aspecto em geral.
    Mtos beijinhos

    Maggie

    ResponderEliminar
  4. Cheguei a este post através da Flor Guerreira. Não conheço, ainda, o blog nem a si. Mas só por este post e pelo que representa nesta nossa sociedade, já gostei. Vou continuar a ver. Até já!

    ResponderEliminar